Consulta Alunos  

  • Demo Image

    ASSEMBLEIAS PARTICIPATIVAS JOVENS

    A Câmara Municipal de Ovar vai continuar a promover as Assembleias Participativas Jovens. Todas as propostas devem ser apresentadas em formulário próprio, que deve ser pedido na papelaria da escola, até ao próximo dia 2 de maio - VER DOCUMENTO

  • Demo Image

    EXAMES NACIONAIS - INSCRIÇÕES

    O prazo para inscrições nos exames nacionais do ensino secundário decorre do dia 16 de fevereiro a 1 de março.
    Os alunos deverão consultar a informação afixada na escola.

    REGULAMENTO DE EXAMES

    NORMA 01/JNE

  • Demo Image

    ASSOCIAÇÃO DE PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO DA EB23 FLORBELA ESPANCA

    INFORMAMOS QUE A PÁGINA DA ASSOCIAÇÃO DE PAIS FOI ATUALIZADA

    VISITAR PÁGINA

Imprimir

Semana da Leitura

Escrito por Webmaster. Publicado em Bibliotecas Escolares

Entre 5 e 9 de março comemorou-se, em grande, a Semana da leitura com muitas partilhas nas várias Bibliotecas Escolares das escolas do Agrupamento. Sob o mote “Ler! A qualquer hora, em qualquer lugar”, as atividades desenvolvidas trouxeram dinâmicas muito atrativas e positivas, tendo sempre como objetivo essencial a promoção da leitura e da escrita. Procurar contribuir para a criação de raízes profundas no hábito de ler, seja com outros, para outros ou de forma individualizada, tornando assim a leitura um hábito diário sempre foi, e será, um dos desideratos que as bibliotecas, nomeadamente as escolares, se propõe a atingir.

No 1.º ciclo, o autor da página Up Up Pop-Up trouxe um pouco de magia às escolas e aos mais pequenos nas atividades dinamizadas na Escola Básica de Estrada e Escola Básica de Vinha. Levou alguns clássicos da literatura em livros pop up, pop down, livros animados, livros carrocel, livros acordeão, partilhando com todos um pouco da sua coleção sobre livros e o conceito artístico da sua criação. Por entre brilhos no olhar, o entusiasmo e as expressões de espanto foram uma constante e, desde o pré-escolar até ao 4.º ano, todos ficaram extasiados! E nem imaginam a surpresa por conhecerem livros Pop-Down! As apresentações e os conhecimentos adquiridos constituíram uma mais-valia para todos os envolvidos.

Também os pais vieram à escola, partilhando leituras nas turmas dos seus educandos. Desde livros em papel, a leituras em tablet houve um pouco de tudo. E para surpresa de todos, alguns pais fizeram marcadores de livros que ofereceram às turmas. A adesão dos pais foi grande e muito agradecemos toda a disponibilidade revelada.

Os alunos das escolas prepararam leituras que partilharam com outros colegas e, desde poesia a teatro, convivemos com muitos momentos de alegria. Foi uma semana de festa pois a leitura convida ao convívio e à partilha. 

Como habitual, em ambas as Bibliotecas Escolares deste nível de ensino, foi realizada uma Feira do Livro aberta à comunidade, bem como a exposição dos trabalhos de expressão plástica realizados em colaboração com os pais e com a professora bibliotecária.

Mas as atividades não acabaram por aqui e, subindo na faixa etária, continuaram no 2.º ciclo, 3.º ciclo e Ensino Secundário. Foram várias as atividades comuns dinamizadas na Escola Básica de Maceda, Escola Básica Florbela Espanca e Escola Secundária de Esmoriz. Desta forma, com o imprescindível contributo de todos os professores e dos alunos do Curso Profissional de Técnico de Turismo Ambiental e Rural, todas as turmas destes níveis de ensino viram ser formalmente aberta a semana da leitura através da leitura, quase em simultâneo, do poema “A Palavra Mágica”, de Carlos Drummond de Andrade. Foi uma verdadeira operação leitura, sob nome de código “Ler a toda a hora”. A promoção da leitura pelo exemplo é uma das melhores formas de o fazer e, demonstrando que nenhum local é impróprio para ler, alguns professores participaram em contexto de sala de aula na atividade “para Ler em qualquer lugar” onde, através do seu próprio exemplo, apresentaram às suas turmas um livro da sua preferência.

A celebração pelo “culto” do livro continuou com a “estafeta da leitura”. Todas as turmas participaram e, ao longo de quatro dias, ajudaram à concretização do objetivo da atividade. Um ou dois representantes de cada uma das turmas leu um excerto do livro selecionado para a fase final do Concurso de leitura Concelhio (para o respetivo ciclo) a outra turma, passando, simbolicamente, o testemunho (livro) à turma seguinte. Esta verdadeira maratona de leitura, bem recebida por todos foi cumprida de forma briosa por todos os envolvidos. Paralelamente foram entregues os diplomas e prémios aos participantes na fase de escola do Concurso Concelhio de Leitura MML, de forma a relembrar a todos que “Ler é o melhor prémio”!

Na Escola Básica Florbela Espanca, os alunos tiveram oportunidade de contatar com o escritor Vítor da Rocha que …. ACRESCENTAR TEXTO.

O livro e o contacto com quem escreve também marcaram presença na Escola Secundária de Esmoriz. Raquel Vaz foi a jovem autora que, através do seu exemplo provou que a escrita não é incompatível com outras atividades dado que, usando as suas palavras “ninguém é uma coisa só”. A frequência do mestrado em Engenharia Biomédica na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto ou a licenciatura de Bioquímica na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto que concluía na altura em que escreveu o seu primeiro romance mostra que a paixão pela escrita (e pela leitura) é transversal a qualquer área ou interesse. Para além da promoção do seu romance, que aborda temáticas que muito dizem aos nossos jovens, as quatro sessões dinamizadas foram um ótimo contributo para que os alunos tivessem a perceção dos passos necessários à publicação de uma obra, tendo decorrido num ambiente descontraído e participativo, onde a interação entre a escritora e o público foi uma constante. Quem sabe se “Última Oportunidade” poderá ter-se constituído como passo importante para algum dos nossos alunos procurar a sua primeira oportunidade.

E porque “Ler é especial”, alguns alunos da educação especial da Escola Básica de Maceda fizeram o reconto de um pequeno livro aos seus colegas de turma. Provando, na primeira pessoa, que a leitura é mesmo para todos, estes briosos e corajosos alunos enfrentaram os seus constrangimentos e revelaram-se um precioso contributo na sensibilização para a importância que a leitura tem nas nossas vidas, mesmo que por vezes, de forma consciente, dela não nos apercebamos.

Para que a comemoração da importância da leitura não colidisse com as diversas atividades de avaliação que os alunos se encontram a desenvolver nesta fase do período, algumas atividades viram a sua calendarização prolongada no tempo de forma a contornar este constrangimento. É o caso da atividade “Um livro… um filme.” e das oficinas de reciclagem de papel e de poesia visual (com posterior exposição dos trabalhos) que tendo já sido começadas irão finalizar posteriormente.

Finalmente, a importância da mulher na nossa sociedade ao longo dos tempos não foi esquecida e, na Escolas Básica Florbela Espanca e na Escola Secundária de Esmoriz, o “Dia Internacional da Mulher “ foi lembrado com uma exposição subordinada a esta efeméride.